Um laboratório para todos.

Please enter subscribe form shortcode

Outubro Rosa

Avanços em testes genéticos podem ajudar no combate ao câncer de mama

Outubro Rosa

Avanços em testes genéticos podem ajudar no combate ao câncer de mama
O Outubro Rosa é um mês dedicado à conscientização sobre o câncer de mama, uma das principais causas de morte por câncer em mulheres em todo o mundo. Neste período, campanhas de conscientização, eventos e iniciativas buscam disseminar informações sobre a prevenção e o diagnóstico precoce dessa doença que afeta milhões de mulheres anualmente. Por isso, é essencial discutir medidas preventivas, incluindo o teste genético para as mutações BRCA1 e BRCA2, que podem aumentar significativamente o risco de desenvolver a patologia.

O que são BRCA1 e BRCA2?

BRCA1 e BRCA2 são genes que possuem uma função crucial na reparação do DNA, prevenindo a formação de células cancerígenas. No entanto, quando esses genes sofrem mutações específicas, eles podem deixar de desempenhar essa função protetora, aumentando a probabilidade de câncer de mama e, em alguns casos, câncer de ovário.

As mutações nos genes BRCA1 e BRCA2 estão ligadas a um maior risco de câncer de mama hereditário. As mulheres que herdam essas mutações têm um risco significativamente aumentado de desenvolver a doença ao longo de suas vidas, muitas vezes em uma idade mais jovem.

Importância do Teste Genético

Realizar o teste genético para BRCA1 e BRCA2 é uma opção importante para as mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou ovário. Esse teste permite a identificação de mutações genéticas que aumentam o risco de desenvolver esses tipos de câncer. Conhecer o status genético pode ser um passo crucial na tomada de decisões informadas sobre medidas preventivas, como vigilância médica mais rigorosa ou até mesmo procedimentos cirúrgicos preventivos, como mastectomia bilateral.

Quem deve considerar o Teste Genético?

Nem todas as mulheres precisam fazer o teste genético para BRCA1 e BRCA2. No entanto, é recomendado para aquelas que:

   – Possuem histórico familiar: mulheres com parentes de primeiro grau (mãe, irmãs ou filhas) que tiveram câncer de mama ou ovário, especialmente se      diagnosticado em idade precoce, têm maior probabilidade de ter uma mutação BRCA.

   – Histórico pessoal de câncer de mama: mulheres que já tiveram câncer de mama, especialmente se diagnosticado antes dos 50 anos.

   – Etnia: mulheres de ascendência judaica ashkenazi têm um risco aumentado de portar mutações BRCA1 e BRCA2.

   – História de câncer de ovário na família: familiares de primeiro grau com câncer de ovário.

   – História de câncer de mama bilateral na família: câncer de mama em ambos os seios em um membro da família.

No Outubro Rosa, é importante lembrar que o câncer de mama é uma doença que afeta milhões de mulheres em todo o mundo. O teste genético para BRCA1 e BRCA2 desempenha um papel fundamental na identificação de mutações genéticas que aumentam o risco de câncer de mama hereditário. A informação obtida a partir deste teste pode orientar as decisões médicas e ações preventivas, permitindo que as mulheres tomem medidas para proteger sua saúde e bem-estar.
O Laborlabis se compromete a fornecer serviços de teste genético confiáveis e acessíveis para ajudar na conscientização e prevenção do câncer de mama.

Neste Outubro Rosa, junte-se a nós na luta contra o câncer de mama.

Conhecimento é poder, e o poder de cuidar da sua saúde está em suas mãos.

Fique por dentro!